Impunidade gera criminalidade

Foto da estátua da Justiça. Impunidade gera criminalidade alta
Foto da Estátua da Justiça. Impunidade gera criminalidade

A criminalidade anda em alta no Brasil, com estatísticas de guerra civil. O número de roubos e homicídios parece cada vez maior. Nos telejornais, a maioria das notícias está relacionada a crimes, muitos com excesso de violência. O que explicaria isso e o medo generalizado que as pessoas sentem ao andar nas ruas de suas cidades? A resposta pode ser a sensação de impunidade que existe em nosso país.

Leia Também: O fim da profissão de político

Uma pessoa, quando pensa em fazer um crime, não olha a lei para saber qual tipo penal tem a menor punição, ela comete o delito pensando que nunca vai ser castigada por isso. Dificilmente alguém realiza um crime se tiver certeza que vai ser responsabilizado por ele ou se achar que é grande essa possibilidade. Ou seja, em uma sociedade em que existe a percepção de que as pessoas serão punidas pelos crimes que cometem, a criminalidade tende a ser baixa. Por outro lado, quando a sensação de impunidade é quase que total, a violência e o descumprimento das leis batem recorde atrás de recorde.


Continua após publicidade:


O programa Tolerância Zero, realizado com sucesso em Nova Iorque, foi pensado, entre outras coisas, nesta relação entre a impunidade e a criminalidade. A teoria, adotada lá, era a de punir qualquer transgressão, por menor que fosse (como por exemplo, pular a roleta do metrô), para mostrar a todos que qualquer falta seria punida. O Tolerância Zero também combateu o crime onde ele era maior, diminuindo a estatística da criminalidade e, consequentemente, o sentimento de violência e impunidade que existia na cidade. Esses não foram os únicos atos para o sucesso do programa, mas certamente foram de alta importância, uma vez que geraram um sentimento de segurança e punibilidade na cidade inteira, diminuindo a propensão de muitos em cometer crimes.


Quando existe uma sensação de que qualquer delito cometido vai ser punido pelo Estado, até o mais criminoso dos criminosos pensa duas, três, quatro vezes antes de fazer algo. Afinal, ninguém gosta ou quer ser punido. No outro sentido, quando se tem um sentimento grande que a impunidade impera, parecido com que existe hoje no Brasil, até uma pessoa que não cometeria um crime em condições normais, pode virar bandido em busca de alguma recompensa fácil ou rápida, já que existe a quase certeza que não será castigado.


Continua após publicidade:


Assim, quanto maior o sentimento de impunidade, maior a criminalidade. A impunidade é o grande incentivo para o mundo do crime, uma das propagandas mais eficientes para angariar novos adeptos. Enquanto esta percepção for reinante em nosso país, o crime, infelizmente, continuará crescendo. Para melhorar a situação, é necessário um grande programa de Estado, no estilo do Tolerância Zero de Nova Iorque, para que a sensação de impunidade seja radicalmente diminuída. O sentimento geral da população de que alguém que cometer um crime será sempre punido é uma excelente propaganda contra a criminalidade. Óbvio que isso tudo é uma política para o curto prazo. No longo prazo, educação de qualidade é sempre a melhor opção para diminuir a criminalidade.


Compartilhe o texto:



Assuntos que podem te interessar:

A história de um príncipe brasileiro. Impunidade gera criminalidade As leis devem ser cumpridas. Impunidade gera criminalidade Paris, a cidade luz. Impunidade gera criminalidade Independência financeira. Impunidade gera criminalidade

4 comentários:

  1. O problema do Brasil é que certos partidos que estão no poder são complacentes com o crime organizado, quando não estão juntos com o mesmo, e aí não tem nada e ninguém que combata isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhum governante deve ser complacente com o crime, pelo contrário, ele deve lutar junto com todos pelo fim (ou pelo menos diminuição) da criminalidade. Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  2. A impunidade é mesmo um problema serio e tem que ser revertida. Só me pergunto se uma política tao drástica assim como a de NY é a solução pro Brasil. Uma política dessas certamente traz seus malefícios pra sociedade tb e, embora nao seja profundo conhecedor do assunto, ja ouvi criticas de americanos sobre o tema. Fora isso, acho que não basta dizer: vamos punir tudo. Vc tem que ter a tecnologia, os procedimentos e o pessoal certo pra fazer isso andar. Acho que talvez seja nisso que precisamos focar. Mas, de todo modo, qquer medida que de fato reduza a impunidade no país será sim mto bem vinda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que no curto prazo é necessária uma política semelhante a de Nova Iorque, um choque como o Tolerância Zero, para diminuir a sensação de impunidade e, consequentemente, a criminalidade. Sem isso, acho que dificilmente teremos uma diminuição da violência que assola nossa sociedade neste momento. No entanto, a melhor política (mas que só dá efeito a longo prazo) é educação de qualidade para todos, como citado no texto. Obrigado por comentar.

      Excluir