Liberal: ser ou não ser?

Os liberais costumam dizer que se o governo se afastar do mercado, diminuir ou até acabar com sua participação na área econômica, o mercado irá prover de maneira satisfatória o que a sociedade precisa. Não tenho certeza se na prática aconteceria exatamente assim, mas nas últimas semanas tivemos um exemplo disso.
O governo, para ajustar suas contas, alterou o FIES (financiamento estudantil), o que poderia tirar muitos estudantes da sala de aula. Isto era muito ruim para essas pessoas que perderiam a chance de estudar, mas também para as faculdades particulares que iriam perder muitos clientes. Por isto, estas empresas educacionais criaram um fundo privado e vão subsidiar juros aos estudantes (leia aqui). Estas empresas não fizeram isso porque são boazinhas e sim para não diminuir seus lucros, mas vão ajudar milhares de pessoas que não teriam condições de pagar a faculdade sem um financiamento. É o capitalismo funcionando no que o governo deixou de intervir.

No vídeo abaixo, em entrevista ao jornalista Juca Kfuri, Nelson Motta fala um pouco disso, de como ele mudou sua posição política ao ver o mercado funcionar (e bem) fora do Brasil. O vídeo é interessante e mostra a opinião do produtor musical sobre o assunto.





Nenhum comentário:

Postar um comentário