Liberland, o país sem impostos

Localizado na Europa, entre a Sérvia e a Croácia, às margens do Rio Danúbio, Liberland promete ser a terra do liberalismo econômico. Segundo os fundadores deste novo Estado, o governo somente defenderá a República e cuidará da segurança e justiça, nada mais. Não cobrará impostos, mas também não será um Estado de bem estar social, não proverá saúde, previdência, etc.
A nova micronação de Liberland tem cerca de 7 quilômetros quadrados, como referência Mônaco tem 2 quilômetros quadrados de área, e fica em uma área ainda não desenvolvida, basicamente um grande terreno vazio (sem casas, prédios, etc.). Mas, segundo seu presidente, o país já foi contatado por inúmeros arquitetos com projetos de urbanização para área.

Liberland ainda não foi reconhecida oficialmente por seus vizinhos, mas seu presidente diz que ela está em uma porção de terra não reclamada nem por Sérvia, nem por Croácia, ou seja, não interfere nas fronteiras, nem na soberania de nenhum outro país, razão pela qual, ele acredita que não haverá problemas e a nova nação será bem recebida por todos.

O lema de Liberland é “live and let live” (viva e deixe viver) e está totalmente de acordo com a ideologia liberal desta cidade-estado. Muitos já desejam se mudar para lá para não pagar mais impostos ou se envolver com burocracia estatal e o país já recebeu cerca de 260 mil pedidos de cidadania, segundo seu presidente.

Se você quiser saber mais deste novo país, leia a reportagem do Business Insider sobre o tema (a reportagem está em inglês).

Um comentário:

  1. Não dou nem 10 anos pra esse "país" se tornar um tremendo fiasco.
    Mas vai ser divertido assistir in loco a utopia neoliberal fracassando rotundamente diante dos nossos olhos.
    As pessoas pensam que impostos são algum tipo de roubo do Estado malvado e intervencionista.
    Mas quero ver elas sobreviverem num estado de capitalismo puro e selvagem, mercado desregulado, falta de proteção tarifária contra a desleal concorrência externa, falta de seguridade social, férias, etc.
    Vai ser bonito de ver.

    ResponderExcluir