Eletricidade de graça

Na reportagem "Na briga por clientes, empresas no Texas oferecem até energia de graça", o jornal O Globo conta que empresas de energia elétrica fazem de tudo para conquistar o cliente e chegam a oferecer luz de graça em certos horários. Muito diferente do que acontece aqui, onde o setor elétrico é extremamente regulamentado pelo governo e o preço da luz sobe cotidianamente.

O mercado energético do Texas é muito desregulamentado, ou seja, o Estado interfere pouco, o que gera uma intensa concorrência e uma enorme disputa por clientes. Quanto mais desregulamentado o mercado, mais empresas podem surgir e quanto mais empresas surgem, maior é a disputa por clientes, gerando queda de preço e inúmeras promoções, inclusive a eletricidade gratuita durante determinado período do dia.

Com muitos concorrentes ávidos à procura de clientes, estes últimos saem ganhando, pois tem a liberdade de escolher entre eles qual oferece o melhor preço, o melhor serviço ou a combinação de ambos. E como as empresas tem que ganhar o cliente dia após dia, porque existem muitas outras querendo e cortejando seus consumidores, o serviço tende sempre a ser melhor e o preço mais baixo, caso contrário a pessoa simplesmente muda o seu prestador de serviço para um que tenha uma melhor proposta/serviço.
A reportagem citada neste texto demonstra muito bem o que um mercado desregulamentado, onde quem decide o que é bom ou não é o consumidor e não o Estado, é capaz de oferecer para sociedade. Com liberdade de escolha do consumidor e livre concorrência, todos ganham, principalmente os mais pobres que são os que mais sofrem quando os custos de coisas básicas, como a eletricidade, estão lá no alto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário