A origem do "OK"

Palavras escrevendo contando as coisas, a origem do ok
A origem do "OK"

Como normalmente acontece na origem de palavras ou expressões, ninguém sabe ao certo a origem do “ok”. Existem muitas versões que contam o surgimento desta palavra, mas, nenhuma delas pode ser confirmada. Hoje vou escrever sobre uma dessas versões, que ninguém sabe se é a verdadeira origem do termo, mas é bastante interessante.

Leia também: Como seria o mundo ideal

Durante uma guerra, os soldados saíam do quartel para fazer suas rondas. Essas rondas muitas vezes demoravam dias, ou até semanas. E, nesse período, poderiam acontecer combates, que eventualmente resultavam em feridos e até em mortos. Quando os soldados retornavam para sua base, eles contavam ao comando o número de mortos durante a ronda. O líder do grupo já informava na entrada do quartel a quantidade de fatalidades, dizendo o número de mortes seguido da letra k (primeira letra da palavra em inglês “killed” que significa morto), por exemplo, 5k significava cinco mortos (“5 killed” em inglês).


Continua após publicidade:


Portanto, quando os soldados chegavam à base e falavam “Ok”, significava que estava tudo bem e que ninguém tinha morrido durante a ronda, “0 Killed” (nenhum morto em português). Desta maneira, o termo "ok" ficou associado com “tudo correu bem” ou “tudo está bem”, já que a ronda teria ocorrido sem fatalidades. A expressão se espalhou primeiro entre os soldados, depois entre a população em geral e atualmente é falada com esse sentido de “tudo bem” em vários cantos do planeta.

Leia também: Viver ou poupar?

Como dito no começo do texto, ninguém sabe ao certo se essa é realmente a origem da expressão “ok”, mas, sendo ou não o verdadeiro nascimento da palavra, é uma história interessante e que faz sentido.


Alguns artigos relacionados:

A origem do forró
A revolta dos escravos

2 comentários: