Um castelo no Brasil

Arcadas da Castelo Garcia D'Avila. Um castelo no Brasil
Arcadas do Castelo da Torre. Um castelo no Brasil

"Um castelo no Brasil" conta a história do Castelo da Torre de Garcia D’Ávila construído no século XVI na Bahia, um dos primeiros e poucos desse estilo no país.

Leia a primeira mulher militar no Brasil

Garcia D’Ávila era um administrador português que chegou ao Brasil em 1549, junto com o primeiro Governador Geral do país, Tomé de Souza. Segundo algumas fontes, Garcia seria filho ilegítimo de Tomé.


Continua após publicidade:


O Governador doou a Garcia terras na Bahia e, nessas terras, em 1551, foi construído o Castelo da Torre de Garcia D’Ávila, denominado por seu proprietário como Torre Singela de São Pedro, para ser a sede do que viria a ser um dos maiores latifúndios do mundo.

Leia a princesa por trás da independência

O castelo fica na Praia do Forte, na Bahia, e tem estilo único no continente americano, abrange casa, capela, torre de defesa e outros edifícios. A Torre foi construída para ter visão do mar e de vasta área de terra, defendendo o castelo por ambos os lados.

O Morgado da Torre, como ficaram conhecidas as terras da família D’Ávila, se tornou o maior latifúndio do mundo com mais de 800 mil metros quadrados e existiu por 10 gerações da família e mais de 300 anos, acabando em 1852 com a morte do último Senhor e Morgado da Torre, Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque,  o Visconde da Torre de Garcia D’Ávila. O morgadio foi extinto no Brasil em 1835, sem continuação após morte dos morgados da época.

Leia o santo que fundou o Brasil

O Castelo de Garcia D’Ávila teve como um de seus senhores no século XVII, Francisco Dias Ávila Caramuru, neto de Garcia D´Ávila pelo lado materno e bisneto de Diogo e Catarina Álvares Caramuru, mais conhecidos como Caramuru e Paraguaçu, pelo lado paterno.

Sob o comando de Francisco Dias Ávila Caramuru, a Torre de Garcia D’Ávila, como também é conhecido o castelo, foi muito importante na defesa do nordeste brasileiro durante as invasões holandesas.


Continua após publicidade:


O castelo também fez história na luta da independência do Brasil, servindo como base do exército e fornecendo homens às tropas brasileiras. Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque (o herdeiro do castelo e de suas vastas terras e Visconde da Torre de Garcia D’Ávila) assim como seus dois irmãos, Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque (Visconde de Pirajá) e Francisco Elesbão Pires de Carvalho e Albuquerque (Barão de Jaguaripe), são heróis da independência.

Leia a história do barão negro

Atualmente as ruínas do castelo são tombadas e são um ponto turístico muito atrativo a todos, especialmente para os que gostam de história.


Compartilhe o texto:


Siga o Pensopinando nas redes sociais:

Facebook. Um castelo no Brasil.Twitter. Um castelo no Brasil.

Assuntos que podem te interessar:

Nenhum comentário:

Postar um comentário