A história dos escravos japoneses

Foto por do sol no Japão. A história dos escravos japoneses
A história dos escravos japoneses


A história dos escravos japoneses no século XVI começa com o primeiro contato entre o povo nipônico e os europeus, mais especificamente os portugueses, em 1543.

Leia sobre o processo mais antigo do Brasil

Cerca de uma década depois, com a instalação da colônia portuguesa em Macau na China, é criada uma rota comercial entre Portugal e Japão. Nessa rota, entre outras coisas, os portugueses levavam armas de fogo aos japoneses e esses vendiam escravos aos europeus.

Os escravos eram japoneses raptados nas camadas mais desfavorecidas da sociedade local e vendidos aos estrangeiros, que os levavam para Macau e de lá para o mundo.

Leia sobre a compra do Acre

Os escravos japoneses eram tidos como artigos de luxo e exibidos em Lisboa, e outros centros urbanos europeus e coloniais, como produtos importados. Eles eram uma mão-de-obra utilizada majoritariamente para trabalhos domésticos.


Continua após publicidade:

O primeiro registro de escravos japoneses em Lisboa é de 1573, em um documento que mostra o casamento entre dois escravos nipônicos.

Na década de 1590, o Bispo do Japão, Dom Luís de Cerqueira, tentou coibir esse comércio de escravos levados da terra do sol nascente. Ele repudiou o tráfico que, segundo ele, atacava a moral religiosa e determinou a pena de excomunhão, entre outras, para os envolvidos.

Leia a história de um barão negro no Brasil

No entanto, o comércio de escravos japoneses só terminou em 1630 quando os portugueses foram expulsos do Japão e o país passou por 200 anos de controle severo de influências estrangeiras.

Não há qualquer registro de escravos japoneses no Brasil, até mesmo porque nessa época a colonização brasileira ainda estava em seu início e acreditava-se que o escravo africano era mais apto para o trabalho braçal que se desenvolvia nessa colônia.

Reportagem do globo.com (G1) e BBC sobre o tema: A história dos japoneses escravizados por portugueses e vendidos pelo mundo mais de 400 anos atrás


Compartilhe o texto:


Siga o Pensopinando nas redes sociais:

Facebook. A história dos escravos japoneses.Twitter. A história dos escravos japoneses.

Assuntos que podem te interessar:

Um comentário:

  1. Interessante, não sabia que tinha existido escravos japoneses

    ResponderExcluir