A história de Janeiro

 

Calendário. A história de Janeiro
A história de Janeiro


No início de Roma o calendário tinha apenas dez meses, até que o Rei Numa Pompillius decidiu incluir mais dois meses ao calendário, janeiro e fevereiro.

A compra do Alasca

Esses dois meses foram incluídos como décimo primeiro e décimo segundo meses, já que o ano começava em março no calendário original romano.

O nome janeiro foi uma homenagem ao deus romano das mudanças e transições, Janus, que tinha uma dupla face, com um lado virado para o passado e outro para o futuro.


Continua após publicidade:

Apesar de ter seu nome ligado a mudanças e transições, Janeiro só passou a ser o primeiro mês do ano mais de 600 anos depois de sua criação, quando Julio Cesar decidiu que o ano deveria começar após o solstício de inverno no hemisfério norte (21 de dezembro), ou seja, em janeiro.

A história de um barão negro

Apesar do decreto de Julio Cesar, o ano novo ainda foi comemorado em março (ou outras datas) por muitos séculos. Só depois da idade média que os países começaram a oficializar o primeiro de janeiro como primeiro dia do ano.

Leia também a história do ano novo.


Compartilhe o texto:


Siga o Pensopinando nas redes sociais:

Facebook. 125 anos, o processo mais antigo do Brasil.Twitter. 125 anos, o processo mais antigo do Brasil.

Assuntos que podem te interessar:

Nenhum comentário:

Postar um comentário