O verdadeiro Conde Drácula

Pintura de Vlad Draculea. O verdadeiro Conde Drácula
Vlad Draculea. O verdadeiro Conde Drácula

O Conde Drácula existiu, nasceu na Transilvânia e as histórias que circulam sobre ele desde o século XV contam que era um homem muito cruel. Mas não, não era um vampiro.

O primeiro androide do mundo

Vlad Draculea, também conhecido como Vlad III ou Vlad o empalador, era um nobre, um príncipe, que governou a Valáquia, região da atual Romênia, no século XV.

A guerra dos primos

Draculea pode significar “filho do dragão”, pois seu pai era conhecido como “o dragão”, por ter feito parte da Ordem do Dragão do Sacro Império Romano Germânico.


Continua após publicidade:

No entanto, Draculea pode significar também “o diabo” em romeno, terra em que viveu o empalador. Muitos dizem que seu nome era muito mais conhecido pelo povo nesse sentido do que como filho do dragão.

Colombo e o eclipse

Conta a lenda que Vlad torturava, mutilava e empalava seus inimigos, pessoas que o desagradavam de algum modo e até mendigos que iam lhe pedir esmolas.

A princesa flor do Brasil

As histórias que circulam na Europa desde o século XV contam que até mesmo quando foi preso por seus inimigos, Vlad caçava ratos e pássaros para torturar, mutilar e empalar com pequenas lanças.

A história de um barão negro

As atrocidades do empalador rodaram o continente na forma de contos e histórias e ele se tornou famoso e temido por todos. Um grande guerreiro e um governante muito cruel.

A história Palácio da Guanabara

Vlad Draculea morreu em uma batalha contra o Império Otomano em 1476, sua cabeça foi levada ao Sultão e exposta em uma estaca por muito tempo em Constantinopla (atual Istambul).


Continua após publicidade:

Apesar de toda sua crueldade, Vlad III é uma figura importante na história da Romênia e da Europa por ter ajudado na contenção do avanço turco sobre o continente europeu naquele tempo.

A origem da palavra baderna

Alguns séculos depois, o escritor irlandês Bram Stoker misturou as histórias de terror sobre vampiros e as histórias de crueldade de Vlad Draculea, criando o vampiro Conde Drácula.



Compartilhe o texto:


Siga o Pensopinando nas redes sociais:

Facebook. O verdadeiro Conde Drácula.Twitter. O verdadeiro Conde Drácula.

Assuntos que podem te interessar:

Nenhum comentário:

Postar um comentário