Os vice-reinos da Espanha na América

 

América Espanhola
Os vice-reinos da Espanha na América


Ao contrário do que fez Portugal, que manteve uma única colônia em seu território na América, o Brasil, a Espanha dividiu suas terras no novo continente em vice-reinos.

Os vice-reinos eram independentes entre si, governados por um vice-rei que era subordinado diretamente à Coroa Espanhola.

A inconfidência mineira

Isso formou territórios diferentes, o que explica a divisão das colônias espanholas em vários países após a independência, elas já eram divididas durante a colonização.


Continua após publicidade:

A primeira colônia espanhola estabelecida na América foi o Vice-Reino da Nova Espanha em 1535, ela começava na atual Costa Rica, ocupava quase toda América Central e Caribe, México e parte dos Estados Unidos. Sua capital era a Cidade do México.

Em 1542 foi fundado o Vice-Reino do Peru que correspondia ao atual Panamá na América Central e toda a América do Sul Espanhola. Sua capital era a “cidade dos reis”, Lima.

A história do samurai negro

Mais tarde, esse vice-reino foi dividido em três: Vice-Reino do Peru, que continuou no território que hoje é o Peru e parte da Bolívia, e foram criados os Vice-Reinos de Nova Granada e do Rio da Prata.

Em 1717 foi criado o Vice-Reino da Nova Granada que compreendia basicamente aos atuais territórios do Panamá, Colômbia, Equador e Venezuela. Sua capital era Bogotá.


Continua após publicidade:

E por último, em 1776, foi criado o Vice-Reino do Rio da Prata, que correspondia ao atual território da Argentina, Paraguai e Uruguai (em briga com os portugueses). Sua capital era Buenos Aires.

A compra do Alasca

Além dos vice-reinos, a Espanha também criou quatro Capitanias na América, dando autonomia a esses territórios em relação aos vice-reinos. Eram eles: Chile, Cuba, Guatemala e Venezuela.


Compartilhe o texto:


Siga o Pensopinando nas redes sociais:

Facebook. Os vice-reinos da Espanha na América.Twitter. Os vice-reinos da Espanha na América.

Assuntos que podem te interessar:

Nenhum comentário:

Postar um comentário